Como Comprar Ações na Bolsa de Valores

como comprar açõesAgora que você já teve uma pequena introdução sobre como funciona a Bolsa de Valores, chegou a hora de aprender como comprar ações. Primeiramente, saiba que existem diversas formas de adquirir ações; nós vamos explicar aqui as mais comuns e práticas:

Fundos de Investimento

Os fundos e investimento são carteiras de ações montadas por gestores profissionais. Ou seja, uma equipe de analistas possuem uma quantidade de ações de determinadas empresas que eles selecionaram. Você, ao entrar no fundo, está adquirindo essas mesmas ações. Entenda como funciona:

Digamos que o fundo de investimentos “Fique Rico” foi fundado hoje, e possui ações de 3 empresas. A carteira desse fundo está dividida da seguinte forma:

  • 40% em ações da Vale
  • 30% em ações da Petrobras
  • 30% em ações do Itaú

Esse fundo definiu que o valor de sua cota inicial é de R$ 1,00. Esse valor (cota do fundo) é apenas para referência, você já vai entender o porquê.

Muito bem, no outro dia, as ações da Vale valorizaram 2%, as ações da Petrobras caíram 5% e as ações do Itaú valorizaram 7%. Como esse resultado impactou a carteira do fundo? Vamos aos cálculos:

Carteira = 0,4*1,02 + 0,3*0,95 + 0,3*1,07 = 1,014

Isso significa que a carteira teve uma valorização total nesse dia de 1,4%. Então a cota do fundo hoje passa a ser de R$ 1,014.

Quem quiser comprar cotas desse fundo hoje, irá pagar R$ 1,014 por cota. Se tivesse comprado ontem, pagaria R$ 1,00 por cota. Quem comprou 10 mil cotas do fundo ontem (investindo portanto R$ 10.000,00), pode vendê-las hoje por R$ 10.140,00.

Observe que o fundo poderia ter escolhido qualquer outro valor como referência para a cota inicial. A lógica seria a mesma e os lucros e/ou prejuízos também seriam os mesmos.

Uma vez iniciado o fundo de investimentos, ele realiza compras e vendas de ações, e com isso o valor de sua cota vai se alterando (para cima ou para baixo, dependendo se teve lucros ou prejuízos).

Falaremos mais detalhes, como custos envolvidos, entre outros, no artigo Fundos de Investimento.

  • Vantagens: São interessantes para quem não tem muito dinheiro, já que os custos de corretagem e custódia são diluídos entre os participantes.
  • Desvantagens: Não há controle sobre a carteira de ações, pois essas escolhas são exclusivas dos gestores. Nesse investimento, você está apostando na capacidade dos gestores e confiando neles.

Clubes de Investimento

São muito parecidos com os fundos de investimento, com a diferença de serem menores (um clube de investimentos é limitado a 50 participantes). As vantagens  e desvantagens são semelhantes aos fundos, com a diferença de ter taxas de operação um pouco mais baixas.

Comprando ações individualmente

A outra forma de comprar ações é você mesmo montar a sua carteira, escolhendo as ações que mais lhe agradam. Saiba que independentemente de estar adquirindo ações por meio de um fundo, clube ou individualmente, você precisa de uma corretora. Então vamos para a parte prática:

Como abrir conta em uma corretora

Basta se informar sobre os documentos exigidos pela corretora para abertura de conta, levá-los pessoalmente até o endereço da mesma, preencher alguns formulários e pronto, sua conta está criada! Geralmente as corretoras não cobram taxa de abertura de conta, mas algumas pedem um aporte mínimo inicial para ativação da conta, como R$ 5.000,00 por exemplo (esse valor representa o mínimo que você deve ter depositado para começar a investir).

Depois de aberta a conta na corretora, você receberá os contados da mesa de operações (balcão) e provavelmente receberá também algumas propagandas de fundos e clubes de investimento administrados pela corretora. Transferir o dinheiro para a corretora é muito simples, basta fazer um DOC ou TED. Uma vez identificada a transferência, ela ficará disponível na sua conta da corretora. Se você decidiu investir em algum fundou ou clube, deve informar ao setor financeiro para qual clube ou fundo o valor deve ser destinado.

Se você quer montar sua própria carteira de ações, pode comprar ações de duas maneiras: pelo telefone ou via home broker.

Taxas das corretoras

As corretoras geralmente cobram uma taxa fixa por operação (algo em torno de R$ 14,00) além de um valor percentual sobre o montante total investido (entre 0,5% a 2% dependendo do montante – quanto maior o montante, menor a taxa).

As corretoras também cobram a chamada taxa de custódia, que é uma taxa mensal (algo em torno de R$ 10,00).

Comprando por telefone na prática

Comprar ações por telefone consiste em ligar para a mesa de operações, informar seu número de usuário e dizer qual ação você quer comprar ou vender. O operador irá executar a compra (ou ordem de compra) imediatamente, desde que você tenha aquele montante em dinheiro disponível na corretora (já fez a transferência anteriormente).

Comprando pelo Home Broker na prática

Home Broker é um ambiente virtual dentro do site da corretora onde você pode comprar e vender ações online, sem precisar falar com ninguém. No Home Broker, você acompanha as cotações de qualquer ação em tempo real, e pode dar ordens de compra ou venda. Por exemplo, digamos que a ação da Petrobras está sendo negociada a R$ 10,00 mas você está querendo comprar essa ação a R$ 9,80. Nesse caso, você pode dar uma ordem de compra a R$ 9,80; essa ordem será computada e será executada se a ação cair até esse preço. Você pode informar também a data de validade da ordem. O mesmo ocorre na venda.

A configuração do Home Broker depende muito da corretora, mas em geral, ao lado das ações aparecem alguns botões marcados com C ou V (compra ou venda). Ao clicar nesses botões, irá abrir uma caixa onde você deve informar a quantidade de ações que deseja comprar ou vender, o preço e a data de validade da ordem. Existem ainda outras opções que irão aparecer nessa pequena caixa de informações como “stop simples”, “stop móvel”, entre outros, mas não se preocupe com isso agora, entraremos mais a fundo nesses assuntos quando estivermos estudando análise técnica. Apenas preenchendo preço, quantidade e data, basta clicar em enviar (digitando a senha de segurança) e a ordem será computada.

Você também pode cancelar uma ordem caso ela ainda não tenha sido executada. Basta clicar sobre a ordem (suas ordens abertas ficam visíveis no Home Broker) e optar por “cancelar”, inserindo sua senha novamente.

Um home broker também apresenta outros recursos disponíveis, como gráficos com o histórico de cada ação, etc.

A vantagem de operar pelo home broker é a praticidade. Além disso, permite mais agilidade na tomada de uma decisão rápida (não é preciso ligar, esperar falar com um operador para então ter sua ordem enviada).

Porém, em casos em que você não possui acesso à internet, ou sua internet caiu, operar por telefone é uma solução. Além disso, quando você transfere o dinheiro para a corretora, o sistema Home Broker costuma demorar uns 2 dias até enxergar o montante aplicado, o que impede você de operar online nesse intervalo. Mas se você ligar para a mesa de operações informado que fez a transferência, eles podem verificar e enxergar a transferência antes do sistema home broker, permitindo que você opere pelo telefone.

Como reconhecer o código de uma ação?

Muito bem, já aprendemos tudo o que é preciso fazer para comprar uma ação, mas afinal, como reconhecer uma ação? As ações são identificadas por códigos. Por exemplo, as ações preferenciais da Petrobras possuem o código PETR4. As ações ordinárias da Petrobras possuem o código PETR3. A diferença básica entre preferenciais e ordinárias é a seguinte: as ações preferenciais possuem “preferência” na distribuição de dividendos, ou seja, geralmente recebem uma porção maior dos dividendos (ou todo o dividendo). As ações ordinárias, por outro lado, permitem participação em assembleias decisórias da empresa. Ações preferenciais são denotadas por “PN”, enquanto as ordinárias são denotadas por “ON”.

Então agora você já sabe: se ouvir por aí que as ações PN da Petrobras subiram 4%, saiba que se tratam das ações preferenciais.

Algumas empresas não possuem essa divisão entre preferenciais e ordinárias, possuindo um único código. É muito importante você se informar sobre o código da empresa que quer investir. Você pode utilizar o site da Bovespa, ou ainda digitar no google “código ações preferenciais Vale”, por exemplo.

Existe valor mínimo?

A quantidade de ações mínima que você pode adquirir são 100 ações de uma empresa, é o chamado “lote”. Portanto, se uma ação está custando R$ 25,00, o valor mínimo para você comprar ações dessa empresa é R$ 2.500,00. Por outro lado, se uma determinada ação custa R$ 2,40, o valor mínimo para essa empresa é R$ 240,00.

Quem quiser adquirir quantidades de ações que não sejam múltiplos de 100 (lote padrão), poderá fazê-lo no mercado fracionário. Porém, esse mercado possui menos liquidez.